MINC realiza oficina de editais para comunidade negra de Porto Alegre/RS

A Representação Regional Sul do Ministério da Cultura convida para a Oficina sobre os cinco Editais do Ministério da Cultura voltados a produtores e criadores negros a ser realizada segunda-feira, 18 de março de 2013, às 14h, na Sala Álvaro Moreyra, Centro Municipal deCultura, Av. Erico Verissimo, 307, em Porto Alegre. 

A oficina gratuita é aberta à participação de diversos segmentos da comunidade negra.

O objetivo é orientar e esclarecer sobre as inscrições e prêmios dos Editais: Edital de Apoio para Curta-Metragem – Curta Afirmativo: Protagonismo da Juventude Negra na Produção Audiovisual; Prêmio Funarte de Arte Negra nas áreas de artes visuais, circo, dança, música, teatro e preservação da memória; Edital de Apoio à Coedição de Livros de Autores Negros, Edital de Apoio a Pesquisadores Negros e o Edital de Seleção de Projeto para Implantação de 27 Pontos de CulturaNegra.

 Margarete Moraes – Representante do Ministério da Cultura na Região Sul

Capacitação de Agentes Culturais

Arte: Mário Rolo

Arte: Mário Rolo

Nos últimos 03 anos de Projeto Tuxáua, nossa preocupação em apropriar os coletivos com conhecimento necessário para Gestão de Projetos, perpassa pela etapa fundamental para aproximar a sociedade destes recursos: a capacidade de interpretar um edital e apresentar sua idéia de acordo com a premissa, ou (como eu gosto de dizer) “lógica” do avaliador. Porém, é um passo de uma longa caminhada de apropriação e gestão democrática.

Muito mais do que simplesmente aprovar um orçamento ou cronograma, nosso papel enquanto sociedade civil organizada é co-gestão de uma política pública com o governo. Quando apresentamos os projetos sócio-culturais, assumimos a responsabilidade de buscar a transformação social como principal objetivo, sendo a arte/cultura uma ferramenta, a operacionabilidade deste objetivo maior.

Esse senso de responsabilidade, muda a forma como encaramos o orçamento, a execução, a operacionabilidade.  A palestra não aprofundará estas questões, mas este convite é motivado por editais públicos que convidam a sociedade civil a gerir conjuntamente com o governo, as verbas e ações culturais do país, mas com certeza já nos mostra que esta gestão tenta suprir uma demanda antiga: a capacitação para adminstrar essas verbas, e um entendimento mais aprofundado da sua responsabilidade e dever.

Tags:, , , ,

Categorias: Notícias

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s