Prêmio Culturas Populares – Inscrições Prorrogadas!

Foto: Divulgação

Novo prazo: 10 de agosto.

O Ministério da Cultura, por meio da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural (SCDC/MinC) lançou o Prêmio Culturas Populares 2012.  Serão 350 premiados: 170 Mestres (simplesmente denominados, evitando sabiamente toda a discussão em todos dos mestres populares, griôs, tradicionais, etc.), 170 Grupos/Comunidades, 09 Mestres in memoriam, cujo prêmio é revertido para a família do saudoso mestre, além de 01 prêmio para a família do mestre in memorian homenageado do ano,  o ator, produtor e cineasta Amácio Mazzaropi.

Inscrições

O prêmio visa reconhecer a atuação de Mestres e Grupos/Comunidades responsáveis por iniciativas que que fortalecem as expressões culturais populares, contribuindo para sua continuidade e para a manutenção dinâmica das diferentes identidades culturais no Brasil.

Também podem participar do Prêmio Culturas Populares 2012 projetos que desenvolvam atividades de retomada de práticas populares em processo de esquecimento e difusão das expressões populares para além dos limites de suas comunidades de origem, em todas as suas formas e modos próprios como religião; rituais e festas populares; arte popular; mitos, histórias e outras narrativas orais; processos populares de transmissão de conhecimentos; medicina popular; alimentação e culinária popular; pinturas, desenhos, grafismos e outras formas de artesanato e expressão plástica; escritos; danças dramáticas; audiovisual; dentre outros.

As inscrições poderão ser realizadas pela internet, por meio do Sistema SalicWeb, ou por via postal, sendo necessário, em ambos os casos, encaminhar a documentação e anexos exigidos pelo Edital.

O Prêmio 

O Prêmio Culturas Populares foi criado em 2007 pela falecida Secretaria da Identidade e da Diversidade Cultural (SID/MinC), como forma de reconhecer a atuação exemplar de Mestres e de Grupos/Comunidades, ao mesmo tempo em que identifica, valoriza e dá visibilidade às atividades culturais protagonizadas por estes guardiões da cultura popular. O Prêmio é um verdadeiro legado da administração Juca/Gil, que em suas três edições, somou 695 iniciativas premiadas em todo o país com um investimento total de R$ 6,9 milhões.

Tamanha disponibilidade orçamentaria vem com um forte senso de responsabilidade de gestão do recurso, e bem sabemos que o MINC ainda não conseguiu achar alternativas aos seus burocráticos processos de acesso e aplicabilidade dos recursos. Mesmo com  prêmios, que comparados com tormentas convênios são “mamão com açúcar” na hora de prestar contas, eu fico imaginando um Mestre de Cultura Popular inscrevendo seu prêmio e depois fazendo prestação de contas no Salic Web.

Mais informações, aqui.

Tags:, , , ,

Categorias: Memória e Patrimônio

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s